NEPCESS/AAC

O Núcleo de Estudantes de Psicologia, Ciências da Educação e Serviço Social da Associação Académica de Coimbra (NEPCESS/AAC) é a entidade que representa todos os estudantes de Psicologia, de Ciências da Educação e de Serviço Social, bem como os recém-formados da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (FPCEUC), promovendo a interligação com os órgãos de gestão, salvaguardando os interesses dos estudantes em questões internas relacionadas com o funcionamento das aulas e serviços da faculdade. Paralelamente, tem também o objetivo de minorar a distância física entre a Direção Geral da Associação Académica de Coimbra (DG/AAC) e a Faculdade, estando estas competências previstas tanto no regulamento interno do NEPCESS/AAC, bem como nos Estatutos da Associação Académica de Coimbra. 


O núcleo é composto por três órgãos: o Plenário, sendo este constituído pelo total de alunos inscritos na FPCEUC e recém formados desta faculdade; a Mesa do Plenário, órgão regulador composto por 5 alunos e (ou) recém-formados, dos quais um Presidente, um Vice-Presidente e um Secretário; a Direção do NEPCESS/AAC composta por catorze alunos e (ou) recém-formados, dos quais um Presidente, um Vice-Presidente e um Secretário. O NEPCESS exerce uma função direta dentro da FPCEUC, sendo a sua dinâmica visível na prestação de serviços aos estudantes, realizando atividades de índole lúdica e cultural, tais como convívios, exposições, debates ou ciclos de cinema, entre outras.

Além disso aposta, também, na formação complementar dos estudantes, realizando conferências, workshops, congressos e cursos que focam diversos temas da Psicologia, das Ciências da Educação e do Serviço Social. 
 

Como Núcleo pertencente à DG/AAC, o NEPCESS deve fazer-se representar nas reuniões do Conselho Inter-Núcleos (CIN), nas quais os diversos representantes de cada Núcleo se reúnem e discutem problemáticas variadas, não só respeitantes à Academia, mas também a questões com implicações diretas ou indiretas nesta.

É também membro das Associações Nacionais dos cursos de Psicologia e de Ciências da Educação, denominadas respetivamente Associação Nacional de Estudantes de Psicologia (ANEP) e da Associação Nacional de Licenciados em Ciências da Educação (ANALCE), atuando com estas no sentido da proteção e promoção dos direitos dos estudantes e recém-formados nestes cursos, não só durante a permanência no curso, mas também na entrada para o mundo laboral, bem como na representação dos interesses destes estudantes a nível internacional.

INÊS CARRACA

ADMINISTRADORA

DIREÇÃO

RITA ROCHA

PRESIDENTE

RITA PINTO

TESOUREIRA

JOANA TORONJO

VICE-PRESIDENTE

CAROLINA MENDES

SECRETÁRIA

A Direção ambiciona Abraçar o passado, Aproximar o presente e Acreditar no futuro.


Tendo como foco fazer sempre mais e melhor, compromete-se a apoiar todos os pelouros que compõem o NEPCESS/AAC, assim como todas as suas causas e aspirações.


Propõem-se, ainda, a representar cada um dos estudantes da FPCEUC, pretendendo, através de uma clara transparência e o máximo de proximidade, responder a cada uma das suas necessidades e vontades, enriquecendo o seu percurso académico, profissional e pessoal.


Este é um projeto de estudantes para estudantes do qual tu também fazes parte.

Regulamento Interno do NEPCESS/AAC

 
 

PARCERIAS

SPEAK AND LEAD

  • 5€ desconto em qualquer formação

oie_transparent (4).png

SPARK AGENCY

Promoção de atividades 

Design sem nome (3).png

FORYOURMIND

  • 10% desconto em cada inscrição individual

  • 25% desconto em grupos (+ de 4 elementos)

Design sem nome (1).png

PSICOSOMA

  • 20% desconto em todos os livros

7.png
 

PROTOCOLOS

APCC

A Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra é uma organização de referência, a nível nacional e internacional, na habilitação e integração plena da pessoa com deficiência e incapacidades e outras em situação de desvantagem. Fundada em 1975, tem como missão promover a inclusão social, apoiando a reabilitação, a integração e a autodeterminação de crianças, jovens e adultos. O trabalho da APCC é diário: apoia mais de três mil utentes e as suas famílias, age na comunidade, sensibiliza a sociedade para a questão da deficiência, interage com parceiros para operar a mudança.  

Projeto LAbJogos – Lúdico e Aprendizagem com base na análise e desenvolvimento de dinâmicas de Jogos

Sediado na FPCE-UC, no âmbito do Laboratório e Tecnologia Educativa, o projeto apoia iniciativas de investigação-ação. Oferece oportunidades de acolhimento e inclusão através do jogo na própria Faculdade / Academia, de dinamização de atividades de socialização, estimulação cognitiva, promoção de competências junto de diferentes públicos e participação em experiências de jogo e de análise sistemática para elaboração de instrumentos de observação/ monitorização/ avaliação de comportamentos, aprendizagens e desenvolvimento.

GAP YEAR

A Gap Year Portugal é a organização portuguesa responsável por divulgar o conceito de gap year em Portugal e apoiar todos os jovens que o queiram fazer. 
Ajudamos a passar do plano à realidade e estamos cá para te apoiar em todos os passos da construção do teu gap year!

Assim, e sendo que somos uma associação sem fins lucrativos, temos uma equipa dinâmica de jovens voluntários que trabalha todos os dias para acompanhar, informar, esclarecer dúvidas e inspirar todas as pessoas que nos procuram e que pretendem fazer um gap year. 

Desta forma, recebemos voluntários de dois tipos:

1) Voluntários para ajudarem a nossa organização a crescer e a ajudar ainda mais jovens: normalmente, para esta via, realizamos duas campanhas de recrutamento anuais (em setembro e em março). 

2) Voluntários que vão fazer um gap year e que querem realizar uma experiência de voluntariado durante esse gap year: neste caso, a Gap Year Portugal pode ajudar-te a realizar essa experiência através do apoio que damos. Para isso, podes entrar em contacto conosco em qualquer altura.

APAV – A associação Portuguesa de Apoio à Vítima

A missão da APAV é apoiar as vítimas de crime, as suas família e amigos, prestando-lhes serviços de qualidade, gratuitos e confidenciais e contribuir para o aperfeiçoamento das políticas públicas, sociais e privadas centradas no estatuto da vítima.

Tendo em conta a situação de pandemia, e as necessidades de distanciamento físico, o Gabinete de Apoio à Vítima de Coimbra da APAV tem tido dificuldade em dar resposta às muitas candidaturas de voluntariado que têm sido remetidas. A associação prevê poder incluir novos voluntários nos próximos meses mas de forma muito condicionada.

Sabe mais sobre o projeto de voluntariado aqui.

A CORES - Associação de Apoio a Crianças e Jovens de risco

Desenvolve atividades de proteção à infância e juventude, com vista à promoção da saúde mental, à prevenção de comportamentos de risco e ao estímulo e reforço das competências parentais e familiares.